Esta é uma pergunta que se consegue obter respostas através de experiência. Algo que no meu caso, não me falta… Porquê? Já não faço contas às dezenas de auriculares de variadas marcas e modelos de auriculares que directamente ou indirectamente passaram pelas minhas mãos ou de conhecidos.

O negócio dos auriculares (tal como o negócio dos acessórios como capas para smartphones) está cada vez mais em alta. Apesar disso (infelizmente), existem muitas marcas que vendem modelos de auriculares por preços bastante elevados e que no fim de contas parecem ter tudo para se vingarem no mercado mas no fim de contas desiludem nas expectativas.Print

Estas são algumas das dezenas de marcas existentes no mercado (algumas delas desconhecidas para mim até) sendo que no mercado português existem outras que não estão referenciadas nessa imagem.

Voltando ao assunto-chave do artigo: a escolha de uns auriculares de qualidade. Tendo em conta as situações que verifiquei ao longo dos anos que usei auriculares, existem umas regras a seguir para evitar problemas com este tipo de acessórios:

1º –  Não comprar auriculares nas Lojas dos Chineses ou Auriculares de Marcas Brancas das Grandes superfícies

Eu sei, tratam-se de acessórios a preços bastante mais acessíveis (nem sempre – exemplo) mas, esse tipo de auriculares acabam sempre na mesma maneira: problemas a curto prazo. Geralmente, quando falamos nessas gamas com sorte arranja uns auriculares com alguma resistência para uso diário mas nunca têm qualidade de som suficiente para competir com uns auriculares de qualidade. Sinceramente, a qualidade não é assim tão cara. No caso das lojas dos chineses, o problema acaba sempre por ser maior:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Não há garantias… no fim de contas se preferir repetir o mesmo erro vai acabar por comprar uns iguais ou parecidos ao mesmo preço repetidamente afinal, o preço acaba por ser barato. Imaginemos que trocou 4 x num ano, uns auriculares que custaram-lhe na loja dos chineses 3 euros/cada: 3€ x 4 = 12 euros. Essa quantia em média dava perfeitamente para comprar uns bons auriculares capazes de durar mais que um ano e até restava-lhe algum dinheiro. 

No caso das Marcas Brancas das Grandes Superfícies é variável: quando é a própria marca da grande superfície (como por exemplo a Kunft ou a Goodis na Worten) não espere qualidade superior aos auriculares que compra na loja dos chineses. Mas, existem marcas brancas como a Trust que preocupam-se com a qualidade dos seus artigos e já são um caso a ponderar.

– Certifique-se que o fio dos auriculares é resistente ou reforçado

1507-1

 

Este modelo na imagem e na imagem de destaque, são dois modelos que actualmente tenho comigo. O que se pode distingir entre eles para além do seu som que nunca é igual devido as diferenças de modelo e de marca (varia sempre o som)? A resistência dos seus cabos.

6923410712353

 

Já estes? Têm uma alta probabilidade de se danificarem com o uso diário por causa da resistência dos seus cabos. É preferível demorar mais algum tempo à procura dos seus auriculares que comprar uns auriculares que se vão estragar à conta dos cabos e eventualmente de uma marca que não faça-lhe a troca directa dos mesmos (que já vou explicar melhor no ponto 4º).

3º – Dar preferência em auriculares intra-aurais

Os auriculares intra-aurais têm maior qualidade de som que os modelos comuns. E não só…

1507-1VS6923410712353

O 1º é um modelo intra-aural e o segundo é um modelo comum. Para além da qualidade de som ser superior, geralmente os modelos intra-aurais geralmente são igualmente mais confortáveis no ouvido apesar de em alguns casos, as pessoas preferem o conforto dos modelos comuns. Destaco também que os modelos intra-aurais geralmente são mais caros que os comuns e para ter o cuidado para não perder as borrachas dos mesmos (senão vai ter de usar as borrachas de substituição de outro tamanho que eventualmente não encaixa tão bem no seu ouvido ou adquirir borrachas em separado caso existam).

4º – Escolher uma marca de confiança

Este é o último e possivelmente um dos parâmetros mais importantes na compra de uns auriculares. Nenhuma marca ou modelo de auriculares é 100% perfeito. Infelizmente, eu já tive uma experiência com variadas marcas e modelos no que se trata de garantias. Cada marca têm a sua política de garantias tal como os motivos pelos quais se leva uns auriculares à garantia são bastante variáveis e muitas vezes não justificam que não se faça troca directa dos auriculares (ou seja, os auriculares são trocados na hora sem esperar pelo arranjo dos mesmos). Eu vou resumidamente por três cores (vermelho, laranja e verde ) dar indicação de algumas marcas que passaram pelas minhas mãos:

AKG/JBL/Harman Kardon : Marcas todas do mesmo grupo e com políticas semelhantes apenas muda a qualidade dos artigos de marca a marca. Qualidade acima de tudo apesar de não fazerem troca directa (gostam de se certificar dos problemas do equipamento deles rigorosamente e pedir-lhe desculpa pelos mesmos).

Sennheiser : Política semelhante às anteriores.

PioneerQualidade de som razoável, resistência dos auriculares miserável. Política de garantias péssima.

Sony: Qualidade de som razoável, resistência dos auriculares miserável. Política de garantias é troca directa.

PhillipsQualidade de som razoável, resistência dos auriculares miserável. Política de garantias é troca directa.

SBSQualidade de som bastante boa, resistência dos auriculares miserável. Preço dos auriculares é ridículo. Política de garantias é troca directa.

Trust: Marca Branca mas qualidade de som alta, resistência dos auriculares alta e política de garantias é troca directa.

GOODIS/KUNFTQualidade de som miserável, resistência dos auriculares aceitável/baixa. Política de garantias é troca directa.

NokiaQualidade de som em alguns modelos alta, resistência dos auriculares alta/aceitável. Política de garantias é troca directa.

JVCQualidade de som alta, resistência dos auriculares alta. Política de garantias é ainda desconhecida.

E, assim termino então o meu artigo sobre auriculares de qualidade. Este 4º ponto pode eventualmente vir a ser actualizado para acrescentar alguns casos mais concretos que possam vir a ser úteis nesta lista.

 

 

 

 

Se achaste utíl, partilha 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrShare on RedditEmail this to someone
Se gostaste deste post escrito por mim ou ter uma opinião diferente, podes deixar um comentário ou seguir-me para teres acesso aos meus artigos acabados de sair sem estar constantemente a visitar o meu blog.